Resumo 9º ano - Teste Intermédio

Print Friendly Version of this page Print Get a PDF version of this webpage PDF
*Quais os motivos que contribuíram para a crise da monarquia Portuguesa?
-ultimato Inglês
-crise financeira e económica (industrialização lenta, situação de endividamento externo)
-descontentamento social
-difusão de ideias republicanas
Caracterizar a situação do país.
-pais predominante agrícola, agricultura pouco desenvolvida c/ fraca produção
-fraco desenvolvimento industrial, falta de fontes de energia, matérias-primas e capitais
-balança comercial deficitária
Quais foram os antecedentes da revolução republicana?
-ultimato Inglês
-desentendimentos entre os diversos partidos leais á monarquia
-agitação no parlamento
*Como decorreu a Revolução?
04/10/1910 iniciou-se a Revolução Republicana preparada por um grupo de oficiais, sargentos e civis, foram levados a cabo 3 ataques simultâneos ao Palácio das Necessidades, ao Quartel-General e ao Quartel do Carmo .Os combatentes republicanos, comandados por Machado Santos, concentram-se na rotunda de Lisboa. A Guarda Municipal e as tropas fiéis ao rei juntaram-se no Rossio. As tropas monárquicas ofereceram resistência mas os combatentes da rotunda saíram vitoriosos. A Marinha passa então á acção e bombardeia o Rossio e o Palácio, provocando a fuga da família Real para a Ericeira e depois para Inglaterra.
*Que medidas foram tomadas pelo Governo Republicano?
Teófilo de Braga – Governo Provisório
Manuel de Arriaga – 1º presidente eleito
Primeiras medidas:
-Nova bandeira
-Novo hino
-Nova moeda
Principais medidas:
»Laicização do estado - lei da separação da Igreja do estado, expulsão das ordens religiosas, nacionalização dos bens da Igreja, proibição do ensino religioso, registo civil obrigatório.
»Social - igualdade de direitos dos cônjuges e entre filhos legítimos e ilegítimos, direito á greve, o horário semanal de trabalho foi fixado em 48 horas.
»Educativas – escolaridade obrigatória, criação de jardins-escola, aumento de escolas primárias, reforma do ensino técnico, criação de Universidades de Lisboa e do Porto, melhorar os restantes níveis de ensino.
Conceitos.
Governo Provisório - é um governo temporário até á realização das eleições
Laico -que não é religioso
Democracia -sistema de governo no qual o poder executivo, depende do apoio do parlamento
*Constituição Republicana.
Divisão tripartida dos poderes:
»Legislativo -Congresso (Câmara dos deputados, Senado)
»Executivo -Presidente da Republica (Governo)
»Judicial -Tribunais
Que dificuldades tiveram os governos da 1ª Republica?
-Regime parlamentar não permitia a criação de maiorias estáveis
-O P.R.P dividiu-se em vários partidos – Demográfico, Evolucionista, Unionista
-Rivalidades partidárias
-Instabilidade politica – 45 governos, 8 presidentes da Republica
* Porque razão se considera a 2ª década do séc. XX como os “Loucos Anos 20”?
A população nesta década procurava avidamente viver cada momento como uma alegria e um entusiasmo muitas vezes excessivo. A vida nocturna, o aumento do número de cafés, restaurantes, locais de convívio público (a mulher bebia, fumava e convivia livremente). Os cabarés animavam-se com um novo estilo de música (jazz) e com novos estilos de dança (tango, foxtrot, charleston). Na moda, na mulher: o soutien substituiu o espartilho, saia até aos joelhos e cabelo a garçonne. No homem: casacos mais curtos, calças de golfe e vestuário desportivo. O automóvel, criou o gosto pela velocidade.
Que razões contribuíram para a emergência da cultura de massas?
Desenvolvimento dos transportes e comunicações, a expansão das classes médias, mais instruídas e gozam de mais tempo livre, a maior participação dos cidadãos nas actividades politicas, sociais e sindicais
Conceitos.
Cultura de massas -cultura produzida para um grande numero de pessoas e é transmitida pelos meios de comunicação de massas
Quais foram os veículos de difusão da cultura de massas?
Empresa, rádio, cinema, banda desenhada, musica, publicidade, espectáculos desportivos
A revolução das ciências físicas (estuda a natureza).
Teoria quântica, Teoria da relatividade -Einstein, estudo do átomo -Neils e Rutherford, Biologia e Medicina
Os progressos nas ciências humanas (ligadas ao estudo do homem e do seu comportamento).
Psicanálise -Sigmund Freud, Pedagogia -Jean Piaget, história, arqueologia, demografia, sociologia, geografia, economia, filosofia, antropologia
*Factores que contribuíram para a crise Americana dos anos 30.
- diminuição das exportações
- saturação do mercado interno
- as industrias começam a dar sinais de crise, não conseguindo vender os excedentes, as empresas diminuíram a produção, baixando o preço dos produtos e reduziram o salário dos empregados, a economia entro num período de deflação.
*Explicar a mundialização da crise.
- retirada dos capitais americanos da Europa( sem os capitais americanos com que a Europa contou durante e após a I Guerra Mundial fica com menor suporte financeiro, e menor capacidade de empréstimo o que levava à baixa de produção e falência das empresas que contavam com esses empréstimos)
- a retracção do comércio(a crise levou os países a protegeram a produção nacional. Proibindo ou dificultando as exportação, o comércio externo baixa)
- acumulação de stocks, baixa de preços, perda de rendimentos, diminuição do comércio mundial
Superprodução – o excesso de produção em relação às necessidades e ao poder de compra dos consumidores.
Deflação – baixa dos preços.
Depressão económica - é o período de profunda crise na economia em geral.
Prosperidade económica
                    |
Saturação do mercado
          |                   |
As empresas    Baixa dos
reduzem a        preços dos
produção          produtos
                    |
Milhares de investidores tentam vender
as suas acções a qualquer preço
                    |
Crash na Bolsa de Nova Iorque
Consequências sociais da crise.
Surge uma dramática situação social, evidente no número de desempregos. Muitas pessoas passam a viver em barracas e vivem na mendicidade. A revolta perante a miséria provocam ódio, suicídio, crime e tensões sociais em geral. Muitas pessoas ofereciam a força do seu trabalho por qualquer preço, engrossando assim o número de proletários na sociedade.
 *Explicar o que foi o New Deal.
Mes Dela (nova distribuição), Franklin Roosevelt encontrou um conjunto de reformas com objectivo de aumentar o poder de compra da população. Para atingir esse objectivo impunha-se baixar a taxa se desemprego, criação de novos portos de trabalho, aumentando o poder de compra aumentava o consumo.
Medidas:
- indemnizou os agricultores que conduziram que conduziram as áreas de cultivo
- na industria limitou a livre concorrência e impôs a fixação de preços mínimos, limitou os níveis de produção
-foi criada uma legislação para controlar a actividade da bolsa e sector bancário
- lançou o programa de novas obras publicas para diminuir o desemprego
- .salário mínimo, .40 horas semanais e .segurança social
Quais foram as principais dificuldades com que se depararam as democracias liberais após a 1ª Guerra?
- dificuldades económicas – aumento de desempregados, degradação das condições de vida da pop. Que dão origem a revoltas armadas, greves, manifestações e ocupação de terras e fábricas.
- triunfo da revolução socialista na Rússia.
Participação de Portugal na I Guerra Mundial.
»Quando é que entrou?
Em 1916, após a declaração da guerra da Alemanha pelo aprisionamento dos motivos alemães nos portos portugueses. Já desde 1914, Portugal e Alemanha combatiam em África.
»Quais os motivos da participação?
Garantir a posse das colónias disputadas pela Grã-Bretanha e pela Alemanha, alcançar uma posição de prestigio em termos Europeus e reforçar a sua independência, legitimar internacionalmente o jovem regime Republicano.





Quais as consequências dessa participação?
-agravamento da situação económica e social (aumento do custo de vida, escassez de bens de 1ª necessidade, fome, aumento dos impostos, desemprego)
-perdas humanas
-instabilidade politica
-descontentamento social
Conceito.
Ditadura militar -regime politica autoritário em que os militares exercem todos os poderes da governação
Quais foram os motivos do agravamento das dificuldades da I Guerra Mundial?
Participação na guerra, instabilidade política, greves, manifestações, fome e miséria
*Caracterizar os princípios ideológicos do fascismo.
»militarismo – aplicação á sociedade da disciplina das organizações militares.
»imperialismo -  expansão do território para além de fronteiras.
»totalitarismo – o estado exerce controlo total, em termos políticos, económicos e culturais.
»autoritarismo – cabe ao governo o controlo das instituições sem a intervenção do parlamento.
»corporativismo – operários e patrões são controlados pelo estado, associando-se em corporações para regular e defender os seus interesses.
»antiparlamentarismo – rejeição da auralidade de partidos políticos encarados como responsáveis pelo enfraquecimento nacional.
»culto ao chefe – o chefe do pais concentrava em si todos os poderes, era considerado o salvador da pátria e as suas atitudes eram incondicionalmente aprovadas
*Justificar a ascensão do fascismo em Itália.
O fascismo surge com uma necessidade de ordem e autoridade que as democracias não conseguiam e do ultranacionalismo.
Mussolini criou o “fascio militares de combate” grupo armado que pretendia impor um programa de reformas sociais, emprego e melhores condições de vida. É então criado o partido nacional fascista que não vai necessitar de obter a maioria dos votos para conquistar o poder.
Fascismo – doutrina politica, totalitária de estrema direita que defende o nacionalismo, imperialismo, o militarismo, o culto ao chefe e o corporativismo


*Meios utilizados por Mussolini para chegar ao poder.
-terror, violência, polícia política, censura e ameaça das milícias armadas.
- foi esse o objectivo da marcha sobre Roma, em Out. de 1922 milhares de fascistas reuniram-se em Bolonha e Roma com o objectivo de avançar sobre a capital.
- foi também utilizado o poder da propaganda e á criada a Juventude Fascista.

Quais foram as dificuldades que permitiram a ascensão do Partido Nazi?
- Tratado de Versalhes – descontentamento da pop.
- crise económica.
-ocupação da região do Ruhr pelos franceses (para forçar a Alemanha a pagar as indemnizações)
*Descrever a forma como Hitler chegou ao poder.
O governo não conseguia solucionar a crise económica e social. O operariado e a média Burguesia descontentes, começaram a apoiar, quer os partidos de esquerda quer os de extrema direita. Entre estes partidos começou a destacar-se o Partido Nacional Fascista (Nazi) chefiado por Adolfo Hitler que prometia acabar com a crise económica e social.
Em 1932 já contava com 1.5 milhões de militantes. Esta ascensão fez-se através de uma intensa propaganda, recursos á violência e sobretudo devido ao carisma de Hitler.
 Quais são as características do regime nazi?
- totalitarismo
- racismo(a raça Ariana era considera superior)
- nacionalismo
- imperialismo
- anti-semitismo (ódio aos Judeus)
- culto ao chefe
*Quais são os suportes do Nazismo?
- secções de assalto(SA)  Camisas castanhas
- secções de segurança(SS)
- Gestapo (policia politica)
- Juventude Hitleriana
- propaganda
Nazismo – doutrina de carácter totalitário, baseada nas ideias da superioridade da raça Ariana e cujos princípios foram adoptados pelo partido Nazi


*Explicar a ascensão de Salazar.
mesmo após uma instauração de uma ditadura militar em Portugal a instabilidade politica e os problemas económicos presidiam. O General Óscar Carmona convida António Salazar para Ministro das Finanças, que só aceita o cargo depois de ser garantida a possibilidade de supervisionar os orçamentos dos restantes Ministérios e de ter direito a veto sobre os respectivos docs. de despesas. Este recorrendo ao aumento dos impostos e á redução das despesas públicas, Salazar consegue reorganizar as finanças do pais, o que lhe dá o título de “Salvador da pátria”. Em 1932 Salazar é nomeado Presidente do conselho (1º Ministro).
Indica os princípios ideológicos do Regime Salazarista.
-preservação dos valores tradicionais – Deus, Pátria, Família
- Moral Cristã (Deus)
-     “     corporativista(família)
-     “     nacionalista(pátria)
- Imperialismo
- Nacionalismo
*Identificar os factores que contribuem para a edificação do estado novo.
A constituição de 1933, aprovado em 19 de Abril de 1933, por voto obrigatório e onde as abstenções contaram com votos concordantes. As organizações fascista como por exemplo a legião Portuguesa que defendiam o regime salazarista e combate o comunismo, como também a Mocidade Portuguesa que era uma organização juvenil que procurava desenvolver a devoção á Pátria, o respeito pela ordem, o culto ao chefe e o espírito militar. A censura que englobava o exame crítico de obras, publicações e espectáculos, segundo critérios morais e políticos.
A política, a PIDE e os seus métodos era: a perseguição, repressão, prisão e tortura dos opositores ao regime, a violação de correspondências, invasão de residências...
A propaganda e o controlo do ensino.
Estado Novo – é a designação atribuída ao regime implantado por Salazar e pretendia afirmar as diferenças em relação á “república velha”

Frente Popular.
França:
Partidos comunistas, socialistas e radical(F.P), com uma propaganda de defesa da liberdade, da paz e da protecção. Venceu as eleições em Maio de 1936.
Medidas favoráveis aos trabalhadores: 40h de trabalho por semana, 15 dias de férias pagas, nacionalizar as indústrias de armamento e os caminhos-de-ferro.
»os partidos dividiram-se a Julho de 1937, os radicalistas formaram um ovo governo de direita, o que anulou as medidas.

Grã-Bretanha:
Formou-se um governo de trabalhistas, liberais e conservadores.
Medidas: combate ao desemprego protegendo-se a industria nacional com o lançamento de pesadas taxas alfandegarias sobre os produtos importados, desvalorização da libra, aumentar as exportações.
Espanha: a vitória republicana e o levantamento nacionalista
A 14 de Abril de 1931, foi proclamada a Republica.
A frente popular venceu, e as forças conservadoras não aceitaram  e instauraram um clima de violência, para esse clima contribuíam, as ocupações de terras e fabricas e os ataques ao clero por parte dos apoiantes da frente Popular 
Guerra civil
Vitória do G.Franco, o «caudinho»(nacionalistas).

Realizado por : Rui Neves 9º C
Escola Secundária de Sampaio

Share this article :
 

+ comentários + 4 comentários

Anónimo
6 de Dezembro de 2011 às 11:57

ESTE BLOG E DO MELHOR SO FALTA UMAS FICHAS SOBRE A SOCEIDADE E CULTURA NUM MUNDO EM MUDANÇAE OS REGIMES DITATURIAIS NA EUROPA

Anónimo
28 de Fevereiro de 2012 às 11:45

Obrigada,vai-me dar muito jeito para estudar :)

Anónimo
4 de Março de 2012 às 10:39

alto site, muitoo bom!

Anónimo
23 de Fevereiro de 2014 às 03:50

Muito Bom ajudou me muito

Enviar um comentário

 
Copyright © 2013. HISTÓRIA VIVA - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger